Participações Olímpicas


2016 – Rio de Janeiro

OBSTÁCULOS

Individual

Luciana Diniz c/Fit for Fun em 9º


2012 – Londres

ENSINO

Individual

Gonçalo Carvalho c/Rubi em 16º

OBSTÁCULOS

Individual

Luciana Diniz c/Lennox em 17º


2008 – Pequim (Hong Kong)

ENSINO

Individual

Carlos Pinto c/ Notável JCL Puy du Fou

Daniel Pinto c/Galopin de la Font

Miguel Ralão Duarte c/Oxalis da Meia Lua

Equipas

Portugal foi eliminado


2004 – Atenas

CONCURSO COMPLETO DE EQUITAÇÃO

Individual

Carlos Grave c/ Laughton Hills em 46º


2000 – Sidney

ENSINO

Individual

Daniel Pinto c/ Weldon Surprise em 27º


1996 – Atlanta

OBSTÁCULOS

Individual

Miguel Faria Leal c/Surcouf de Revel em 60º

António Vozone c/Mr. Cer em 70º


1992 – Barcelona

OBSTÁCULOS

Individual

Jorge Mathias c/Windus foi eliminado

CONCURSO COMPLETO DE EQUITAÇÃO

Individual

Vasco Ramires c/Bahone em 41º c/173,8 pts

António Chaves Ramos c/Carioca em 46º c/186,7 pts

António Brás c/Friends Forever em 58º c/238,6 pts

Alberto Leite Rodrigues c/Papiza Jack foi eliminado

Ricardo Portela Ribeiro não participou por doença da montada

Equipas (15 Nações)

Portugal ficou em 13º c/599,1 pts

1ª Austrália c/288,6 pts

2ª Nova Zelândia c/290,8 pts

3ª Alemanha c/300,3 pts


1988 – Seoul

OBSTÁCULOS

Individual

Manuel Malta da Costa c/Jalisco B em 33º


1972 – Munique

OBSTÁCULOS

Individual

Carlos Campos c/Ulla de Lancome em 13º

Francisco Caldeira c/Can Can em 33º

Vasco Ramires c/Sire de Borsais em 37º

Equipas

1ª Alemanha Federal c/32 pts

2ª Estados Unidos c/32,25 pts

3ª Itália c/ 48 pts

Portugal alcançou o 13º lugar c/ 107,5 pts


1964 – Tóquio

OBSTÁCULOS

Individual (46 concorrentes)

Duarte Silva c/Jeune France em 5º

Henrique Callado c/Joc de l’Ille em 24º


1960 – Roma

OBSTÁCULOS

Individual

Henrique Callado c/Martingil em 10º

Pereira de Almeida c/Palpite não foram apurados para a 2ª mão

Craveiro Lopes c/Rovuma II não foram apurados para a 2ª mão

Equipas (18 nações)

1ª Alemanha Federal c/46,5 pts

2ª Estados Unidos c/66 pts

3ª Itália c/80,5 pts

Portugal ficou pelo 9º lugar c/ 190,5 pts

CONCURSO COMPLETO DE EQUITAÇÃO

Individual

Mário Delgado c/The Farme from Laramie em 35º

Duarte Silva c/Heleboro

Jorge Mathias c/Nucleo retiraram

Alvaro Sabbo c/Quipar foi eliminado

Equipas

Portugal foi eliminado

ENSINO (17 concorrentes)

Individual

Reymão Nogueira c/Greek Warrior em 10º

Luis Mena e Silva c/Adónis em 17º


1956 – Estocolmo

OBSTÁCULOS

Individual (70 concorrentes)

Henrique Callado c/Martingil em 7º c/12 pts

Cruz Azevedo c/Licorne

Rodrigo da Silveira c/Limrick foram eliminados

Equipas (18 nações)

Portugal foi eliminado

CONCURSO COMPLETO DE EQUITAÇÃO

Individual

Duarte Silva c/Heleboro em 29º c/349,55 pts

Fernando Cavaleiro c/Marte em 34º c/657,24 pts

Alvaro Sabbo c/Marto foi eliminado

Equipas

Portugal foi eliminado

ENSINO

Individual

Pereira de Almeida c/Feitiço em 12º c/743 pts


1952 – Helsínquia

OBSTÁCULOS

Individual (52 concorrentes)

Henrique Callado c/Caramulo em 16º c/20 pts

Craveiro Lopes c/Raso em 19º c/20 pts

José Carvalhosa c/Mondina em 26º c/26 pts

Equipas (16 nações)

1ª Grã-Bretanha c/40,75 pts

2ª Chile c/45,75 pts

3ª Estados Unidos c/52,25 pts

Portugal obteve o 8º lugar com 66 pts

CONCURSO COMPLETO DE EQUITAÇÃO

Individual (59 concorrentes)

Fernando Cavaleiro c/Caudel em 19º c/183 pts

Pereira de Almeida c/Florentina em 23º c/206,2 pts

Duarte Silva c/Faial em 24º c/218 pts

Equipas (20 nações)

1ª Suécia c/ 221, 49 pts

2ª Alemanha Federal c/235,4 pts

3ª Estados Unidos c/587,16 pts

Portugal ficou em 4º lugar c/617,20 pts

ENSINO

Individual (27 concorrentes)

Reymão Nogueira c/Napeiro em 20º c/ 430,5 pts

Francisco Valadas c/Feitiço em 21º c/422 pts

Fernando Paes c/Matamás em 26º c/346 pts

Equipas (8 nações)

1ª Suécia c/ 1597,5 pts

2ª Suiça c/1579 pts

3ª Alemanha Federal c/ 1501 pts

Portugal ficou pelo 8º lugar c/1198,5 pts


1948 – Londres

OBSTÁCULOS

Individual (44 concorrentes)

Henrique Callado c/Xeres em 18º c/26 pts

Correia Barrento c/Alcoa em 22º c/42,5 pts

Helder Martins c/Optus eliminado

José Carvalhosa c/Tete não entrou por morte do cavalo na viagem

Equipas (6 nações)

Portugal foi eliminado

ENSINO

Individual (19 concorrentes)

Fernando Paes com Matamás em 10º c/411 pts

Francisco Valadas c/Feitiço em 11º c/405 pts

Luis Mena e Silva c/Fascinante em 13º c/366 pts

Equipas (6 nações)

1ª França c/ 1269 pts

2ª Estados Unidos c/1256 pts

3ª Portugal c/1182 pts

CONCURSO COMPLETO DE EQUITAÇÃO

Individual (48 concorrentes)

Fernando Cavaleiro c/Satari em 8º c/ 56 pts

Fernando Paes c/Matamás em 25º c/107,5 pts

António Serôdio c/Abstracto foi eliminado

Equipas

Portugal foi eliminado


1936 – Berlim

OBSTÁCULOS

Individual (54 concorrentes)

José Beltrão c/Biscuit em 6º lugar c/12 pts

Marquês do Funchal c/Merle Blanc em 16º c/20 pts

Luis Mena e Silva c/Fossete em 21º c/24 pts

Equipas (18 nações)

1ª Alemanha c/ 34 pts

2ª Holanda c/ 51,5 pts

3ª Portugal c/56 pts


1928 – Amsterdão

Houve contratempos nesta participação. A Federação Equestre Portuguesa foi fundada em 1927 mas numa data posterior à data limite das inscrições para estes Jogos, as a situação era pior que em 1924, pois aqueles que então tinham comprometido a sua palavra, como não tivessem visto resolvido o problema anterior, desinteressaram-se, só actuando se tudo estivesse em ordem. A maior ovação de toda a prova foi para Ivens Ferraz, pouco depois seguida para o francês Bertrand.
OBSTÁCULOS

Individual

Luis Ivens Ferraz c/Marco Visconti em 15º lugar c/4 pts

Helder Martins c/Avro em 16º lugar c/4 pts

José Mousinho c/Hebraico em 19º c/4pts

Froes de Almeida c/Gaillard que não participou

Equipas (14 nações)

1ª Espanha c/4 pts

2ª Polónia c/8 pts

3ª Suécia c/10 pts

4º ex-aequos Portugal, França e Itália com 12 pts


1924 – Paris

A nossa representação só foi possível graças aos esforços e influência pessoal do Conde de Penha Garcia, nosso representante no Comité Olímpico Internacional, e do Dr. José Pontes, Presidente do Comité Olímpico Português. Não existindo Federação Equestre em Portugal não estávamos inscritos na Federação Equestre Internacional. É pelo compromisso da legalização, feito pelos Conde de Penha Garcia e Dr. José Pontes, que é autorizada a participação portuguesa. Aquando das cerimónias de distribuição de prémios e encerramento dos Jogos não havia a bandeira portuguesa, e só após fortes protestos da equipa e ameaça de não estar presente na cerimónia foram fornecidas as bandeiras necessárias para hastear no mastro e para o desfile das nações premiadas.
OBSTÁCULOS

Individual (47 concorrentes)

Borges de Almeida c/Reginald 5º lugar c/12 pts

Helder Martins c/Avro em 12º lugar c/9 pts

José Mousinho c/Hebraico em 16º c/22 pts

Luis Margaride c/Profond em 21º

Equipas (15 nações)

1ª Suécia c/ 42,5 pts

2ª Suiça c/ 50 pts

3º Portugal c/ 53 pts